Monthly Archives: setembro 2009

1 Quero Fazer Um Site. Quanto Custa?

Estas são algumas das dúvidas mais frequentes que recebemos dos leitores. Qual é o preço de fazer um site? Consigo ter um site grátis de sucesso? Quero ganhar dinheiro mas não quero investir.

O custo de um site depende de algumas decisões importantes que precisa de tomar. No entanto, qualquer site que queira ter pernas para andar, precisa de duas coisas:

  • Um domínio
  • Um alojamento

Tudo o que faça que não inclua estes custos, já estará a fugir ao caminho correcto.

Registar Domínios

Os domínios são pagos anualmente e têm um custo muito reduzido. O custo mensal de ter um domínio não ultrapassa os dois cafés (por mês!). Além disso, se registar vários anos consegue um desconto interessante.

Ainda melhor é ter o domínio gratuito, o que acontece com algumas empresas de alojamento, que lhe oferecem o domínio durante o primeiro ano, na compra do alojamento. Apesar de ser muito económico, não custa nada aproveitar estas oportunidades.

Alojamento

O alojamento é o que você tem de contratar a uma empresa para guardar os seus ficheiros. É para essa empresa que o domínio aponta quando alguém escrever o seu endereço do browser.

Estas empresas de alojamento fornecem-lhe:

  • Espaço para guardar as páginas web
  • Emails com o endereço do domínio
  • Suporte para a base de dados
  • Backups dos seus ficheiros

O alojamento pode ser comprado mensalmente, mas sai mais barato se for comprado ao ano. Se comprar vários anos, também consegue um bom desconto. Apesar de mais caro do que o domínio, o alojamento é também bastante económico, principalmente se pensar que pode ganhar dinheiro com o seu site, depois de fazer um reduzido investimento.

Estes são os dois custos principais de qualquer pessoa que queira criar um site, independentemente do objectivo a que se propõe. Há pessoas que ganham milhares de euros (ou reais) por mês com os seus sites e apenas precisaram de ter estes custos inicialmente.

Quero Criar Um Site Grátis? É a Melhor Solução?

O grande problema dos sites que são alojados gratuitamente é a sua falta de flexibilidade. Um site grátis permite-lhe criar conteúdo facilmente, mas as opções de diversificar desaparecem completamente. Além disso, muitos dos sites que oferecem o alojamento, utilizam publicidade própria que é mostrada nas suas páginas, sem que você receba uma percentagem… Basicamente, você não tem qualquer controlo sobre o que pode e não pode colocar no site.

Já pensou no que é ter um site, que pretende que seja sério, mas que saltam anúncios de cada vez que é visitado por alguém. Acha que essa pessoa vai querer continuar no seu site? É pouco provável.

Subdomínios

Outro dos problemas de um site grátis é que utiliza normalmente um subdomínio, em vez de um domínio. Um subdomínio é algo do género: onomedoseusite.onomedositegratis.com. Como é um subdomínio, vai ver as portas fechadas a muitos sites que poderiam participar no seu sucesso. Por exemplo, muitas directorias não permitem inserir sites em subdomínios. Muitas empresas de afiliados não permitem subdomínios como parceiros.

Se pensa no seu site a médio prazo, não deixe de investir algum dinheiro agora. De certeza que recupera o investimento em poucos meses e depois pode fazer o que bem entender com o seu site. Com um alojamento gratuito, a empresa pode terminar a sua conta a qualquer altura.

Se começar com um site grátis, pode sempre mudar para um site alojado mais tarde. No entanto, o seu histórico nos motores de busca será eliminado. Isso significa que terá de começar de novo.

Não vale a pena poupar algum dinheiro agora para criar um site grátis que não lhe vai permitir ter um futuro muito promissor. Não vale a pena, porque o investimento é muito reduzido. Se quer ganhar dinheiro ou criar um site profissional, nem sequer deve equacionar a criação de um site gratuito.

Contratar Um Programador

Se quiser funcionalidades muito específicas, vai precisar de contratar um profissional de programação informática e webdesign. É uma pessoa que pode criar e desenhar-lhe um site de raiz. É a solução mais cara de todas e não é aconselhada, a menos que seja para uma empresa.

Estes profissionais cobram um valor à hora, que pode ir desde algumas dezenas de euros (um freelancer), até às centenas (se contratar uma empresa). Os valores são elevados, porque há quem se aproveite do desconhecimento dos outros para vender serviços que podem ser feitos facilmente com software gratuito.

Se precisa de ajuda profissional, contrate alguém que seja bem referenciado por um conhecido.

É Possível Criar Um Site Sozinho?

Não precisa de contratar uma empresa para lhe fazer um site, mesmo que seja um site profissional. Hoje em diz, o software está tão evoluído que consegue criar praticamente tudo o que precisa para ter sucesso on-line. Só em casos muito específicos é que compensa contratar uma empresa para desenvolver o trabalho. Já

O trabalho de web design, precisa de ser feito por um profissional, porque a criação de logótipos, ícones e imagens não é para qualquer pessoa. Existe um lado técnico e outro criativo.

De resto:

  • Se quer um site de comércio electrónico, existem softwares grátis que o fazem facilmente.
  • Se quer um site de apresentação da sua empresa ou dos seus serviços, basta ter uma plataforma de blogs.

A nossa recomendação passa por utilizar o WordPress, que é extremamente poderoso e, ainda por cima, grátis. Só precisa de perder alguns minutos a perceber como funciona a criação de páginas e já está! Além disso é muito fácil encontrar empresas de alojamento que permitem a instalação do WordPress.

4 Como Criar Um Blog (O Básico)

Para aprender como criar um blog é necessário conhecer o básico, de forma a compreender exactamente o que é e o que não é um blog. Vai saber tudo o que há para conhecer sobre blogs.

A maior parte das pessoas que chega aqui deseja criar um site ou um blog, mas depois fica sem saber exactamente o que é um e o que é o outro. Para desfazer todas as dúvidas leia o próximo artigo com atenção.

como criar um blog

Toda a Verdade Sobre Blogs

O blog é uma abreviatura inglesa de weblog, que significa um diário feito na internet. Uma pessoa que faz um blog é um blogger. Até aqui, não há grandes dúvidas.

Em termos um pouco mais técnicos saiba que um blog não é mais do que um tipo de site. Um blog é um site. No entanto, nem todos os sites são blogs.

Um blog é um site com uma estrutura especial, da mesma forma que o são os sites de comércio electrónico e os fóruns, que toda a gente conhece. Um blog é um software que se instala no servidor e que permite, a quem não tem conhecimentos de informática e programação, criar um site facilmente.

Grande Vantagem de Criar Um Blog

Qual é então a grande vantagem em criar um blog? Um blog está preparado para criar páginas com conteúdo de forma muito simples e rápida. Se utilizar um blog, não precisa de criar as páginas uma a uma para depois ter de juntar tudo num programa de edição de sites.

Quem quer criar um site de raiz, precisa:

  • Conhecer HTML, que é a linguagem de programação para a internet. Além desta, existem muitas mais, como javascript, PHP, ASP, etc.
  • Trabalhar com um programa que junta todas as páginas numa directoria que se transforma no website.
  • Após desenvolver o site, é preciso utilizar um programa de FTP para enviar os ficheiros a um servidor.

Estes passos podem demorar semanas ou meses, porque o site tem de ser construído de raiz. No passado, a criação de sites só estava ao alcance de algumas pessoas. A alternativa era contratar profissionais para a sua construção.

Com um blog, todo este trabalho ficou simplificado. Depois de estar instalado, é tão simples como escrever um documento tal como num processador de texto e carregar no botão de publicar.

como criar um blog facilmente

Explicação Simples de Criar Um Blog

Como vê, um blog não é mais do que um software que torna muito simples a criação de páginas e conteúdos para a internet.

Um blog convida a actualizações constantes, como por exemplo as suas actividades diárias ou comentários a notícias da actualidade. Pelo facto de serem sites virados para os conteúdos, os motores de busca (todos sabem o que é) gostam muito de blogs e dão-lhes muita importância. É mais simples aparecer nas primeiras posições do Google com um blog do que com um site feito de raiz, pelo menos para um principiante.

Estrutura de Um Blog

Um dos aspectos principais num blog é a sua estrutura, ordenada por data. Já deve ter reparado nos blogs que lê (como este) que todos os artigos têm a data em que foram escritos. Apesar de se poder retirar essa informação da página, a maior parte dos blogs tem esta característica, precisamente pelo facto de terem sido criados como diários on-line.

As páginas mais recentes aparecem destacadas na primeira página do blog, para que qualquer visitante consiga facilmente perceber que há novidades no site.

Criar Um Blog Pessoal ou Profissional

No início um blog era um diário pessoal, escrito principalmente por indivíduos que queriam partilhar as suas actividades diárias com amigos e familiares. Descreviam o seu dia como se de um diário se tratasse.

Com a melhoria das plataformas de blog, as empresas começaram a ver as potencialidades que este tipo de sites poderia trazer para o seu negócio. Começaram a aparecer blogs institucionais, que pretendiam criar comunidades à volta da empresa.

Alguns tipos de blogs incluem:

  • Blogs pessoais
  • Blogs profissionais
  • Blogs sobre tópicos e nichos de mercado
  • Blogs de ficção
  • Blogs em mp3

Conhecer a Estrutura de Um Blog

estrutura blogs

Agora que já sabe que criar um blog é utilizar um software instalado no servidor, já sabe para que é que se utilizam os blogs, já conhece as vantagens de criar um blog, vai também conhecer a estrutura de um blog.

Um blog é ordenado cronologicamente, sendo os artigos mais recentes os primeiros a aparecerem na página inicial do blog.

Uma página do blog é chamada de post ou artigo. O blogger entra dentro da área de administração do seu blog, carrega no botão ‘new post’ e escreve o que bem entender. No final, só precisa de publicar o novo artigo e já está. Um blog proporciona uma rapidez de criação de conteúdos impressionante. É como escrever em qualquer editor de texto familiar. Além disso, pode adicionar outros elementos gráficos, como imagens, vídeos ou sons.

Sempre que criar um post, é criada uma nova página, com um link próprio, que pode ser divulgada e promovida na internet.

Arquivos

Os posts mais antigos vão desaparecendo da página inicial conforme você for criando novos posts. No entanto, não desaparecem. Continuam a ser acedidos através dos arquivos do blog. Qualquer pessoa que entre no seu blog, consegue ler todos os artigos que você escreveu desde o início. A estrutura em que está feito o blog permite isso facilmente.

A página inicial pode mostrar tantos posts como os que você entender. Pode ser apenas o mais recente ou ter dez ou vinte. É uma opção que tem no ecrã de administração.

Depois existem elementos que são colocados nas sidebars (as barras laterais do blog) que permitem aceder a qualquer conteúdo criado no passado. Certamente já viu os calendários que deixam seleccionar qualquer dia para poder ler os posts escritos nessa data.

Categorias

Os posts mais antigos são arquivados por datas ou por categorias. As categorias são elementos muito importantes na estrutura de um blog. Permitem agrupar posts relacionados.

Se tiver um blog sobre sites, pode ter uma categoria para cada tipo de site (fóruns, blogs, comércio electrónico, chats) e colocar todos os posts dentro da respectiva categoria.

Outros Elementos Dentro do Blog

Existem outros elementos que fazem parte da tradição dos blogs e podem ser utilizados por quem entender. Aqui fica uma pequena descrição de cada um deles.

Categorias do Blog

As categorias, como já vimos, permitem agrupar posts que façam sentido. Se entrar dentro de uma categoria, poderá ver todos os artigos escritos desde o início.

Blogroll

O blogroll é ainda muito utilizado em blog pessoais e significa uma lista de sites ou blogs favoritos do blogger. Se conseguir criar um blog interessante, talvez apareça no blogroll de outros bloggers.

Autor do Blog

Se existirem vários autores no blog, os posts são arquivados por cada um desses autores. Pode ver facilmente todos os posts escritos por um deles.

Permalink do Post

permalinks

Os permanent links (ou links permanentes) são os endereços únicos de cada um dos posts. Se você colocar o endereço de um post no seu browser, vai aceder exclusivamente a esse post.

RSS do Blog

O link que permite subscrever o RSS do blog é utilizado por visitantes e leitores mais experientes. Permite que leiam os seus posts dentro de programas que agregam vários RSS e desta forma não precisam de visitar o seu blog para conseguirem ler o que escreveu.

O Google Reader é um dos sites que permite facilmente ler feeds RSS de blogs.

Comentários do Blog

Os comentários do blog são escritos pelos visitantes e utilizados para ter o feedback por parte dos seus leitores. São também importantes para incentivar conversas entre os vários leitores de um blog. É possível desactivar os comentários, se não tiver interesse nesta funcionalidade.

Trackbacks do Blog

Os trackbacks são links que podem ser utilizados por outros bloggers para comentarem os post em blogs exteriores. É um conceito um pouco mais complicado de compreender, que verá num dos próximos artigos.

Design dos Blogs

Como já vimos, um blog normal tem uma estrutura que coloca o último post no topo da página inicial. Depois, em termos de aspecto e design, existem templates criados por outros utilizadores, que podem ser instalados para que o blog fique com um aspecto mais apelativo para os seus visitantes.

Blog Design

Os templates dos blogs são páginas especiais que têm o aspecto e estrutura do site. Se não existissem os templates, cada blogger teria de criar o seu design, o que faria a criação de um blog uma tarefa monstruosa. Com um template, é só escolher e activar. Pode ficar com um site profissional em poucos minutos.

Existem templates gratuitos e templates profissionais que podem custar algumas dezenas de dólares, mas o seu custo é irrisório com o preço que teria de pagar a uma empresa de web design para ter um site ao seu gosto. Além disso, é possível fazer alterações aos templates que são carregados, mas já implica ter algum conhecimento de HTML, CSS e PHP.

Para um principiante, basta ter um template para conseguir ser dono de um blog de grande qualidade.

No artigo anterior conheceu os elementos básicos que precisa para aprender como fazer um blog. Neste artigo, vai conhecer as opções existentes para levar a cabo essa tarefa.

Este artigo faz parte de uma série para ensinar como criar um blog para principiantes.

Você pode utilizar várias plataformas para criar o seu blog, plataformas que vai conhecer nos próximos artigos, mas agora vamos ver as categorias a que pertencem, que incluem:

  • Serviços de blogs
  • Instalação do blog de raiz
  • Alojamentos com pré-instalação de blogs

A escolha principal que terá de fazer é se quer ter o blog alojado num servidor seu ou de uma empresa. A maior parte das pessoas opta por utilizar um servidor de outra empresa que já tem o blog instalado e assim apenas basta começar a escrever. No entanto, essa é a opção que se toma quando não se conhecem bem as alternativas. No final deste artigo, terá informações suficientes para tomar uma decisão acertada para as suas necessidades.

Começar Já a Fazer Um Blog

A forma mais rápida de começar imediatamente um blog é inscrever-se numa plataforma gratuita. Em 5 minutos pode começar a escrever os seus posts. No entanto, deve estar consciente de que esta decisão o vai limitar bastante para o futuro.

As opções gratuitas têm um preço elevado a pagar: as suas limitações de funcionalidades.

Se quer criar um blog básico rapidamente, pode avançar já para uma destas empresas. Se quer ter um blog completo e com possibilidade de expansão, continue a ler este artigo.

Serviços Para Fazer Um Blog Grátis

Esta é a forma mais simples e económica de criar um blog. Existem empresas que permitem a criação de blogs grátis, bastando inscrever-se nos seus serviços.

As duas empresas mais utilizadas são o Blogger.com e WordPress.com.

Estas empresas dão-lhe espaço no servidor e um software para criar um blog gratuitamente. Não precisa de mais nada. Só tem de escolher um nome para o seu blog e começar a escrever.

No caso do Blogger, vai ficar com um endereço do tipo qualquercoisa.blogspot.com.

No caso do WordPress, vai ser do tipo qualquercoisa.wordpress.com

O problema destes serviços é a sua limitação de funcionalidades. Não tem flexibilidade para levar o blog para o nível seguinte. A maior parte destes serviços nem sequer lhe deixa colocar publicidade sua.

Como Fazer Um Blog de Raiz

Se comprar o domínio e o alojamento, passa a ter tudo o que precisa para fazer um blog mais profissional e com mais funcionalidades. É a melhor forma para quem quer rentabilizar um site pessoal ou construir um site profissional. O custo anual de ter um blog é bastante baixo.

O WordPress é uma plataforma de blogs que pode ser instalada em qualquer servidor que tenha determinadas características (quase todos o têm). É um software open source e por isso pode ser utilizado sem qualquer custo.

Precisa de ter alguns conhecimentos informáticos para fazer a instalação de raiz de um blog, porque necessita de criar a base de dados, criar os utilizadores e correr o setup. Não é muito complicado, mas para uma pessoa não técnica, não é a melhor solução.

Alojamento Com Blogs Pré-instalados

Esta é a melhor opção para quem quer fazer um blog com todas as funcionalidades, mas não quer perder tempo na sua instalação e configuração.

São muitas as empresas de alojamento que trazem algumas plataformas de blog já pré-instaladas. Basta seleccionar a opção e tudo será instalado automaticamente. No entanto, para que tudo fique bem instalado, convém saber configurar as opções correctas.

Comparação Para Fazer Um Blog

Aqui fica uma pequena comparação das três opções que referimos:

Serviços de Blog

Blog de Raiz

Blog Pré-instalado

Dificuldade

Simples

Difícil

Moderada

Preço

Gratuito

Mensalidade do alojamento

Mensalidade do alojamento

Funcionalidades

Básicas

Avançadas

Avançadas

Controlo do domínio

Não

Sim

Sim

Design

Templates pré-instalados

Qualquer template

Qualquer template

Espaço

Pequeno

Ilimitado

Ilimitado

Colocar Publicidade

Só alguns

Sim

Sim

Fotos

Limitadas

Ilimitadas

Ilimitadas

O Que Precisa Para Começar

Quer você queira criar blogs grátis ou completos, há determinadas características que são importantes para ter mais sucesso. Muitas pessoas começam um blog como um hobby e acabam por gostar tanto que tentam rentabilizá-lo para que se torne um complemento aos seus rendimentos ou até uma forma de vida.

Criar o Ritmo do Blog

Criar um blog grátis é mais simples e requer menos dedicação do que criar um blog completo (com domínio e alojamento). Isto faz com que a pressão para trabalhar seja menor. Isto faz também com que muitas pessoas abandonem os seus blogs em poucas semanas. Este é um dos motivos pelos quais deve investir algum dinheiro na criação do seu blog. Apesar de ser muito económico, sempre é uma motivação extra.

É muito simples criar posts no início, quando a motivação está nos seus picos mais altos e você tem muitas ideias para novos conteúdos. O problema aparece ao fim de algumas semanas, quando os posts começam a ser menos frequentes. Afinal, não existe qualquer pressão para que crie um novo artigo todos os dias ou todas as semanas.

No entanto, como já vimos, o conceito de um blog é precisamente o de um diário e deve ser actualizado frequentemente. Só assim conseguirá atrair e manter os seus leitores.

Ritmos Diferentes

Se começar por escrever vários artigos diariamente, rapidamente chegará a uma situação de esgotamento criativo. Ao fim de alguns dias já nem pode ouvir falar no seu blog… e ele morre.

Não deve criar um ritmo muito acelerado, principalmente no início. Comece lentamente, com um ou dois posts diários, mas fique com aquele sentimento de que deseja voltar no dia seguinte e escrever mais. Quanto mais tempo conseguir aguentar esse estado de motivação, mais tempo conseguirá escrever com entusiasmo.

O ritmo deve depender sempre da sua disponibilidade e do tipo de nicho que escolheu. Se quer escrever sobre os eventos na sua aldeia, não precisa de actualizar o blog duas vezes por dia. Se quer comentar as notícias da actualidade, aí já tem pano para mangas durante todo o ano.

O tipo de nicho é o que indica o tipo de leitores que vai ter. O blog precisa de se adaptar a essa comunidade. Se criar um blog para comentar os jogos de futebol do fim-de-semana, a sua comunidade está à espera de que haja um artigo na segunda-feira de manhã. Não pode escrever esse artigo na quarta-feira.

Como regra, tente criar um artigo todos os dias úteis, descansando durante o fim-de-semana. Ao longo das semanas seguintes, conseguirá compreender melhor a sua comunidade e a forma como reagem aos seus posts.

Mesmo quando criar blogs grátis, quanto mais conteúdo conseguir gerar, mais possibilidade tem de atrair novos visitantes, que por sua vez se transformam em leitores assíduos.

Estilo de Escrita do Blog

Um blog é um site pessoal e por isso necessita de desenvolver a sua própria voz e identidade. Um blog não é um site noticioso, que deve manter a sua posição neutra.

O mais simples é escrever de forma natural e ver como sai. Se gostar, adopte esse estilo para o seu blog.

Também não se preocupe demasiado com este factor. Se não tem interesse em desenvolver uma voz própria, esqueça e foque-se em dar conteúdos de qualidade.

Em termos de autor, isto é o que precisa de analisar. Quer seja a criar blogs grátis ou blogs seus, a forma como aborda o projecto é muito importante.

6 Aumentar o Tráfego Para o Site

Aumentar o tráfego é a coisa mais importante que alguém pode fazer para ganhar dinheiro depois de fazer um site. Basicamente, tudo gira à volta do tráfego que consegue atrair para o seu blog.

O Que é o Tráfego de Um Site

O tráfego é a quantidade de visitantes que consegue atrair para o seu site, independentemente da forma como o faz.

Algumas das formas mais comuns são:

  • SEO (optimização nos motores de busca)
  • Comprar publicidade noutros sites
  • Comentar em blogs
  • Submeter o site a redes sociais

O número de visitantes é importante, bem como o número de páginas que cada um deles visita, e que pode ser mais controlado por nós. Cada visitante do seu site consulta 1 ou mais páginas, contabilizando assim para o número de páginas visitadas total.

Existem truques para que os leitores não se limitem a ler apenas 1 página do blog e depois saírem. Em vez disso, podemos entregar mais páginas ou fazer com os leitores assinem as nossas feeds.

Importância do Tráfego

O tráfego é muito importante porque a maioria dos modelos de rentabilização dos sites têm no tráfego uma função para ganhar dinheiro.

Se duplicar o tráfego do seu site, é muito provável que duplique o dinheiro que ganha (se não existirem outros factores, como a demografia dos novos visitantes).

Pode optimizar tudo até ao mínimo detalhe, e deve fazê-lo, mas se não conseguir atrair tráfego isso não lhe servirá de muito.

Ao contrário, se não tiver o modelo de rentabilização optimizado mas conseguir atrair quantidades elevadas de tráfego, é garantido que ganha algum dinheiro.

O melhor é conseguir atrair sempre mais visitantes e depois fazer testes para perceber como é que eles reagem aos modelos de rentabilização do blog ou do site.

Tráfego Inicial

Aumentar o tráfego após criar um blog deverá ser a sua principal tarefa, porque é isso que vai determinar o sucesso ou insucesso da rentabilização do site.

Muitas vezes compensa até não criar modelos de rentabilização no site inicialmente, só para se focar no aumento do tráfego. Até porque poucos visitantes mensalmente não conseguirão garantir-lhe valores interessantes.

A longo prazo, o tráfego que consegue captar para o site é o vai valorizar, permitindo-lhe depois ganhar dinheiro de várias formas.

Mais visitantes significam:

  • Mais cliques nos anúncios de redes ppc
  • Mais visualizações das redes cpm
  • Mais publicidade directa
  • Mais venda de programas de afiliados
  • Mais doações

O Efeito Bola de Neve no Tráfego

Uma das características interessantes de aumentar o tráfego é que começam a aparecer muito mais oportunidade, porque o seu site começa a chamar a atenção dos anunciantes e das grandes empresas que ganham dinheiro na Internet.

  • Funciona como o ditado: “O dinheiro atrai dinheiro”.

Quando tem um site com muito sucesso, passa a ser referido por outros sites e blogues, que começam a canalizar mais visitantes, que por sua vez se tornam em leitores frequentes, que depois votam nas redes sociais fazendo com que os seus artigos cheguem às posições iniciais, atraindo novos visitantes, etc.

É uma bola de neve de tráfego impressionante.

Além disso, o site vai ficando melhor posicionado nos motores de busca, o que faz com que receba muito mais visitantes através deste meio, que é dos mais importantes na angariação de tráfego.

Estar bem classificado numa ou várias palavras-chave é garantia de milhares ou milhões de visitas mensalmente.

Se o tráfego deixar de crescer e o seu tópico ainda tiver muito para oferecer, é porque deixou de fazer alguma coisa bem. Foque-se sempre em aumentar o tráfego do seu site.

Ao contrário do que se possa imaginar, colocar anúncios no site não tem efeitos secundários no tráfego que conseguimos angariar, na maioria das vezes.

Enquanto existam visitantes que podem não gostar de ver anúncios, porque existem sempre reclamações por parte dos leitores, a maioria dos visitantes não liga nenhuma ao facto de visitar um site que tenha anúncios.

Tenha apenas atenção aos anúncios intrusivos.

Anúncios intrusivos

A única altura em que os anúncios podem afastar os visitantes é quando são de tal forma intrusivos, como as irritantes janelas de pop-up, que atrapalham a leitura correcta do conteúdo.

Se um visitante está no seu site e tem de andar à procura do conteúdo que precisa, então é porque tem de redefinir a interface do site para ficar mais simples.

De resto, é perfeitamente normal que exista publicidade na Internet da mesma forma que existe publicidade na televisão, até porque a publicidade na Internet pode ser evitada pelo visitante, ao contrário dos anúncios que passam na televisão e que só podem ser evitados mudando de canal.

Foque-se nos resultados dos anúncios

Em último caso, se tiver um anúncio que seja extremamente irritante, mas que produza rendimentos muito bons, poderá valer a pena manter essa publicidade, mesmo que tenha mais reclamações e que o tráfego possa diminuir um pouco.

É tudo uma questão de testar, analisar os resultados e testar novamente até atingir os objectivos que definiu para o seu projecto.

Como regra geral, deve evitar os anúncios mais irritantes para os visitantes se conseguir atingir os mesmos resultados com anúncios mais apropriados que não escondam o conteúdo nem sejam tão intrusivos.

Como referido, é tudo uma questão de bom senso e análise dos resultados, acompanhado de vários testes que estudam o impacto no tráfego e o impacto nos rendimentos do site.

Neste artigo vai aprender algumas das melhores formas de aumentar o tráfego para o seu site. Um site sem tráfego não dura muito tempo. Um site com muito tráfego é garantia de sucesso.

Se quer mesmo que o seu site seja um sucesso, é preciso aumentar o número de visitantes que recebe todos os dias. Aumentar o tráfego é complicado e demora tempo mas, por outro lado, não precisa de gastar muito dinheiro. Pode até atrair visitantes gratuitamente.

O mais importante é ter a consciência de que o tráfego demora tempo a conseguir. É preciso paciência, muito trabalho e determinação.

Não há grandes segredos sobre a melhor forma de atrair visitantes para o seu site. Existem várias alternativas e todas elas podem ser postas em prática com sucesso.

Elementos Importantes

Não precisa de ser webdesigner para criar páginas bem estruturadas, do ponto de vista de optimização para os motores de busca. Basta seguir algumas regras e boas práticas da indústria para garantir que o conteúdo é relevante e facilmente acedido pelas ferramentas dos motores de busca.

Existem três elementos fundamentais numa página HTML:

  • O título da página
  • A descrição da página
  • As palavras-chave da página

Para optimizar uma determinada página para uma palavra-chave (por exemplo: ‘gelados’) é fundamental que apareça em todos os elementos referidos.

<HTML>
<HEAD>
<TITLE>Comprar Os Melhores Gelados</TITLE>
<META NAME=”description” CONTENT=”Aprenda como escolher e comprar os melhores gelados”>
<META NAME=”keywords” CONTENT=”gelados, baunilha, chocolate, leite”>
</HEAD>
</HTML>

Se utilizar uma plataforma de blog, como o wordpress, não precisa de ser preocupar com isto, porque existem plugins que permitem preencher facilmente cada um destes elementos.

Cabeçalhos No Conteúdo

Os cabeçalhos utilizam as tags H1, H2, H3 e por aí adiante. As três primeiras são as mais importantes.

Cada página deve ter apenas um <H1> e conter a palavra-chave na sua descrição, normalmente para atrair tráfego para frases mais compridas (long tail keywords).

Neste exemplo, poderia fazer:

<H1>Gelados De Baunilha</H1>

Este cabeçalho deve aparecer o mais acima possível no documento e servir como um título descritivo para o leitor.

As outras TAGS devem aparecer no resto da página, para marcarem novas secções dentro do conteúdo.

As TAGS já tiveram mais relevância na optimização para motores de busca, mas deve continuar a ter alguma atenção no seu preenchimento porque são informações que aparecem quando os motores de busca estão a apresentar o seu site nas listagens.

Actualmente, os motores de busca dão mais importância ao conteúdo e aos links que recebe, porque as TAGS foram alvo dos spammers no passado.

Submeter em Motores de Busca

Existem dezenas de motores de busca em português e milhares de motores de busca em todo o mundo, mas a maior parte é irrelevante no que diz respeito a trazer tráfego para o seu site.

motores de busca tráfego

Os motores de busca mais populares são:

Mesmo para encontrar informação em português, estes são os mais utilizados pelos utilizadores. No entanto existem bons sites locais, como é o caso do sapo.pt ou do uol.com.br.

Deve focar as suas atenções para a divulgação do site nestes motores de busca principais, em vez de perder o seu tempo a tentar submeter a todos os motores de busca existentes na internet. Muitos deles não são mais do que espelhos dos principais, por isso basta que apareça nos grandes.

O Google, por exemplo, é capaz de enviar mais de 75% do tráfego da maioria dos sites na internet.

Conteúdo Suficiente

É importante que tenha conteúdo suficiente para poder ser indexado com relevância nos motores de busca.

Aqui ficam os links para submeter a alguns dos principais:

Não espere que o seu site seja indexado imediatamente. Pode levar semanas ou meses até que comece a aparecer nos resultados. O Google era dos que demorava mais a adicionar novos sites, mas agora é bastante mais rápido.

Para confirmar se já aparece nestes motores de busca, coloque o endereço do seu site directamente na caixa de pesquisa. Se aparecerem resultados, os primeiros serão com certeza do seu site.

Não cometa o erro de submeter mais do que uma vez, porque corre o risco de ser banido das listagens destes motores de busca. Tenha paciência e continue a criar conteúdos interessantes.

Lembre-se que o mais importante é ter muito conteúdo. É disso que vivem os motores de busca.

Comentar em Blogs

Há cada vez mais blogs em cada vez mais temas e com muita informação útil para os utilizadores da internet. Saiba como pode aumentar o tráfego comentando em blogs do seu nicho de mercado.

A maior parte dos blogs permite que os utilizadores coloquem comentários e, dentro do comentário ou na assinatura, coloquem o seu site. Por isso, procure blogs dentro do seu nicho de mercado e que atraiam o mesmo tipo de visitantes que você pretende. Não vá comentar em todos os blogs que encontrar…

Comentários Com Valor

Da mesma forma, faça um comentário interessante para a comunidade do blog. Não chegue lá a escrever aquelas frases:

  • Muito engraçado!
  • Muito útil!
  • Concordo!
  • Discordo!
  • Visitem o meu site!

Se colocar comentários destes, o mais certo é não ser aprovado pelo webmaster do blog. Além disso, mesmo que seja aprovado o comentário é tão mau que não conseguirá incentivar os leitores a seguirem o link.

Criar Credibilidade

O seu principal objectivo deve ser o de melhorar a sua credibilidade no nicho de mercado onde pretende estar presente. Fazendo comentário inteligentes e úteis é a única forma de conseguir atrair a atenção dos outros visitantes e fazê-los chegar ao seu site. Pode ser até que convença o próprio dono do blog a seguir o seu site.

Imagine que escreveu um blog sobre bicicletas e agora anda à procura de blogs relacionados com bicicletas. Encontrou um que faz análises a modelos de montanha, mas o artigo encontra-se incompleto e você pode dar muito mais informações sobre aquele modelo. Coloque no comentário e os outros leitores verão que você entende do que está a falar.

É de bom-tom que dê sempre uma apreciação positiva ao dono do blog, dizendo que o artigo está excelente e colocando apenas algumas notas.

É possível ganhar muito tráfego gratuito a comentar nos blogs certos, mas também é possível perder muito tempo e não ter resultados. É uma questão de escolher os blogs certos e de participar na comunidade criando valor.

Troca de Links

Actualmente, os motores de busca utilizam a popularidade dos links como um dos factores mais importantes para conseguir colocar um site nos primeiros lugares. É talvez o mais importante…

O Google e os outros motores de busca sabem que se o seu site tem muitos links de outros sites, é porque deve ser importante. No entanto, como havia muita gente a tentar enganar os motores de busca, adicionando links de várias fontes, estes passaram a dar mais importância à qualidade do que à quantidade. É preferível ter 1 link de um site importante no seu nicho de mercado do que ter 100 links de sites irrelevantes para o seu tema.

Trocar Links Relevantes

Como links de sites diferentes são irrelevantes para o seu nicho de mercado, mais vale concentrar as suas atenções nos poucos sites que lhe interessam. Todos os outros serão descartados pelos motores de busca.

Claro que não conseguirá links dos seus concorrentes, no entanto é possível conseguir links de sites que complementam as suas informações. Por exemplo, se tiver um site sobre ganhar dinheiro, pode trocar links com sites sobre investimentos, negócios, emprego, etc.

Além dos links serem irrelevantes para os motores de busca, também não levarão tráfego qualificado para o seu site. Se escreve sobre ganhar dinheiro e recebe um visitante que vem de um site sobre relógios, não espere que ele fique muito tempo…

Links Contextuais

Os melhores links são os que aparecem dentro do conteúdo do artigo, porque funciona como complemento para a informação que você está a dar. Voltando ao exemplo de ganhar dinheiro, se você fizer um artigo sobre as formas de ganhar dinheiro a investir em acções, pode colocar um link para um site que ensine tudo sobre investimentos na bolsa de valores.

Os motores de busca sabem interpretar o contexto do seu site e darão pontos ao link, porque está relacionado com o que está a escrever.

Aproximação à Troca

Sempre que seja você a iniciar o pedido de troca, descreva as vantagens para o dono do outro site. Não basta chegar e dizer que deviam trocar links. É importante referir os benefícios que ambos terão (principalmente a pessoa com quem vai trocar os links).

Escrever Artigos Noutros Sites

Uma das melhores formas de conseguir atrair tráfego dentro do seu nicho de mercado é oferecendo os seus serviços a um site mais antigo e bem estabelecido na internet.

Contacte o dono do site e peça-lhe para colocar um artigo seu gratuitamente. Ele ficará com conteúdo gratuito e você coloca um link no final do artigo, para que os leitores possam seguir até ao seu site.

Deverá criar um artigo original e de boa qualidade para oferecer ao outro site. Não reutilize um artigo seu porque terá problemas de duplicação de informação. Tem de escrever um excelente artigo e dar o seu contributo à melhoria do conteúdo do outro site.

Se conseguir, e estiver interessado, poderá fazer mais do que um artigo. Para quem recebe há vantagens, porque têm conteúdo gratuito e uma pausa na sua actividade de produzir bons artigos. Para quem escreve os artigos, consegue visibilidade dentro do nicho de mercado onde actua. Por exemplo, os bloggers mais famosos dentro do nicho de ganhar dinheiro na internet têm frequentemente guest posts que abordam temas interessantes para os leitores.

Criar Feed RSS

Uma feed RSS é uma forma simples de qualquer pessoa conseguir acompanhar as novidades de um site interessante. Todos os sites de notícias importantes têm este tipo de tecnologia.

Sempre que uma notícia é publicada, o leitor recebe o texto num qualquer software que permita ler RSS.

Se criar um feed RSS no seu site, os seus leitores poderão acompanhar diariamente todos os seus artigos, sem terem de estar constantemente a visitar o site para ver se existe alguma coisa nova. Sempre que escrever um novo artigo, eles serão alertados.

Se utilizar uma plataforma de blogs mais comum, como o WordPress ou o Blogger, é muito simples adicionar essa funcionalidade.

Participar em Fóruns

É importante que escolha fóruns que sejam dentro do seu nicho de mercado, para que o tráfego seja feito de leitores que partilham os mesmos interesses.

Se participar num fórum como especialista em determinado nicho, conseguirá atrair a atenção de outros leitores. É tráfego gratuito para o seu site. É preciso ganhar credibilidade através de uma participação inteligente.

Uma das formas de divulgar o seu site é colocando o endereço na sua assinatura do perfil. Sempre que escrever uma mensagem no fórum, a sua assinatura aparecerá no final, com o seu endereço destacado.

Procure um ou mais fóruns que encaixem dentro do seu nicho de mercado. Também não vale a pena participar em dezenas de fóruns, porque não conseguirá acompanhar e ter uma presença regular de qualidade.

Depois de escolher o fórum onde quer participar, registe-se e comece a visitar frequentemente as conversas abertas. Sempre que tenha algum conselho interessante, partilhe com os outros membros do fórum. Ao longo do tempo irá ganhar credibilidade perante os outros membros, ganhando assim tráfego de qualidade para o seu site. A vantagem é que os visitantes que vêm de fóruns já o conhecem e consideram-no uma autoridade, estando mais receptivos a recomendações que você faça no seu site. É mais fácil vender produtos e serviços a este tipo de visitantes.

Como vai deixar mensagens em várias páginas dos fóruns, conseguirá também mais backlinks para o seu site. Alguns dos quais podem ser de qualidade, se conseguirem um bom pagerank.

Encontrar Fóruns

Se é um especialista num determinado nicho de mercado, provavelmente já conhece e frequenta fóruns relacionados com o tema do seu site. Se não o faz, procure no google porque encontrará com relativa facilidade. Existem fóruns para praticamente tudo o que possa imaginar.

Criar Um Ebook

Uma das formas mais eficazes de aumentar o tráfego para o seu site é criando um ebook que pode ser descarregado por qualquer pessoa. Um ebook é um livro digital que pode ser lido em qualquer computador pessoal.

Uma das vantagens do ebook é o efeito de marketing viral. As pessoas lêem o livro e passam-na a outras pessoas, que o lêem também e o voltam a passar.

Tema do Livro

O ideal é criar o ebook com o mesmo tópico do seu site. Muitas pessoas utilizam artigos do próprio site para terem conteúdo interessante. Se já tem conteúdo criado no site, escolha os melhores artigos e coloque-os num PDF.

O importante é criar o livro de forma a ensinar, passo-a-passo, como fazer determinada coisa dentro do seu tópico. Por exemplo, se tiver um site sobre o Windows Vista pode criar um ebook com dicas para tornar o sistema operativo mais rápido.

Software Para Ebooks

Qualquer programa que permita a criação de um PDF, pode ser utilizado para criar o ebook. Basta escrever o texto num normal editor de texto, como o Windows Word e imprimir para uma impressora especial que transforma o documento em PDF.

Se utilizar o Open Office, poderá criar o PDF facilmente porque tem essa funcionalidade integrada no Open Office Writer.

Depois de criar o ebook, basta divulgá-lo noutros sites para que os visitantes possam descarregar o livro gratuitamente. Tem também a opção de vender o livro e ganhar dinheiro com isso. O mais importante é ter o conteúdo certo para escrever um livro com algumas dezenas de páginas.

Importante também é que coloque links para o seu site, ou programas de afiliados, para poder aumentar o tráfego para o seu projecto.

Criar Conteúdo

Esta é a última dica para aumentar o tráfego do seu site e é talvez a mais importante de toda a série de artigos para ganhar mais visitantes para as suas páginas.

Os Motores de Busca Adoram Conteúdo

O que os motores de busca mais adoram é conteúdo de qualidade, muito conteúdo. Quanto mais conteúdo tiver para o seu nicho de mercado, mais relevante serão os seus artigos e melhor posicionamento terá nas listagens do google (e dos outros motores de busca).

O conteúdo é a base de tudo. É devido ao conteúdo que os motores de busca o indexam bem, é devido ao conteúdo que os visitantes se transformam em leitores assíduos, é devido ao conteúdo que os seus leitores assinam a newsletter ou compram produtos e serviços recomendados.

Se criar bom conteúdo frequentemente, conseguirá uma legião de seguidores.

O conteúdo relevante e frequente é o que faz visitantes satisfeitos!

O segredo do sucesso de um site é o seu conteúdo. Se não tem conteúdos bons no seu site, nunca conseguirá ser o dono de um site de sucesso. Os motores de busca utilizam esse conteúdo para trazer visitantes qualificados para o site. Se escrever sobre gatos, receberá tráfego de pessoas que estão à procura de informações relacionadas com gatos.

Como Criar Bom Conteúdo

O conteúdo de qualidade só aparece se for dentro de um tópico em que você se sinta confortável. Se não gostar do nicho de mercado, não interessa se é um nicho competitivo ou não, você não conseguirá criar conteúdos durante muito tempo.

Veja os sites que estão a competir com o seu e analise o conteúdo que eles têm. Consegue criar artigos melhores? Então avance e comece a escrever, porque o tráfego chegará mais tarde. Não copie o conteúdo dos seus concorrentes! Escreva sobre os mesmos assuntos mas com textos originais.

Se o seu concorrente tem um bom artigo com 500 palavras, crie um dentro do mesmo tópico e expanda-o até 1000 palavras. Pegue nos assuntos importantes que estão escritos e desenvolva-os até conseguir criar um artigo muito melhor e mais útil para os leitores. Não é assim tão difícil se você for um especialista no seu nicho de mercado. Dá trabalho, mas não é difícil.

Concorrência no Conteúdo

Não tenha medo da concorrência no seu nicho de mercado. Actualmente é impossível estar num nicho minimamente interessante, sem ter qualquer concorrente. Foque-se em criar um site melhor do que a sua competição. Vai levar tempo, podem passar vários meses até conseguir ultrapassá-los, mas se continuar a actualizar o seu site, vai ter sucesso porque está a montar o site referência na sua área.

Deve promover o seu conteúdo noutros sites, conforme já vimos nos artigos anteriores, mas não perca demasiado tempo com isso. Divulgue alguns dos artigos regularmente e verá que os outros sites começarão a criar links para si. Os outros webmasters também gostam de criar ligações para sites autoritários. Isto é muito valioso para os motores de busca.

Um Site Nunca Está Completo!

Um bom site, num bom nicho de mercado, nunca está concluído porque existem sempre novidades para dar à comunidade. Os utilizadores assinam as newsletters e as feeds RSS por causa do conteúdo frequente. Querem estar a par das novidades num tema de que gostam.

O conteúdo é o rei para aumentar o tráfego. Esta é a dica mais importante para criar um site de sucesso.

Criar Conteúdo Como Pré-venda – A Conclusão

Depois de ler todos os artigos da série sobre as vantagens da pré-venda para conseguir criar conteúdo de qualidade, aqui fica um resumo de tudo o que precisa para ter sucesso.

Se ainda não teve oportunidade de ler os artigos anteriores, esta série começa ao aprender como criar conteúdo para ganhar dinheiro.

Criar um site de sucesso dá muito trabalho, é por isso que é tão importante que seja num tema de que gosta. Só assim terá motivação para continuar a trabalhar longas horas em direcção ao sucesso.

Importância da Pré-venda

A pré-venda faz com que coloque a sua vontade de vender para segundo plano, porque tem de passar por várias etapas antes de levar os seus visitantes àquilo que você pretende.

Como para fazer a pré-venda, você precisa de conteúdo e o conteúdo é o essencial para angariar tráfego de qualidade, é por aí que tem de começar.

A pré-venda aquece os seus visitantes e leitores para algum produto ou serviço que lhes queira sugerir mais tarde.

Quando criar o site, já deverá saber o que pretende de cada um dos seus visitantes ideais. É para eles que você constrói o site. Compreenda as suas necessidades e desejos.

Coloque sempre os benefícios em primeiro lugar. Dê o que os seus visitantes precisam. Mais tarde pode pedir-lhes algo com mais facilidade.

É importante saber estruturar todo o conteúdo, aproveitando os títulos e os subtítulos para conseguir guiar o leitor mais facilmente.

Construa uma newsletter e peça a participação dos seus visitantes. Isto irá criar maior relacionamento entre todos e irá também dar-lhe informações valiosas daquilo que eles procuram.

O Processo do Sucesso na Internet

Para ter sucesso na internet você precisa de seguir um processo já estudado e experimentado por outros anteriormente:

  • Criar um produto ou serviço. Pode ser seu ou de outra pessoa.
  • Criar um site num nicho de mercado que você adore. Gosta de gatos? Fale de gatos.
  • Crie conteúdo de qualidade para esse site.
  • Estabeleça-se como um autor credível dentro desse nicho de mercado.
  • Utilize o conteúdo para a pré-venda do produto.
  • Converta os visitantes em clientes, o que será mais fácil após a pré-venda.
  • Diversifique os seus modelos de rentabilização do site. Google adsense, programas de afiliados, venda de publicidade, etc. Desde que seja relacionado com o seu tema, aproveite para diversificar.

Se você tem os conhecimentos num determinado nicho de mercado, já tem tudo o que precisa! Tudo o resto poderá aprender aqui. É por isso que o conteúdo é tão importante para ganhar dinheiro.

1 Como Criar Uma Newsletter

Para criar um relacionamento com os seus visitantes, é importante que tenha uma newsletter a funcionar. É o que lhe vai permitir ganhar credibilidade e respeito dos seus leitores.

Se ainda não teve oportunidade de ler os artigos anteriores, esta série começa ao aprender como criar conteúdo para ganhar dinheiro.

Uma newsletter deve ser planeada em qualidade e não em quantidade. Faça com que valha a pena para os seus leitores. Está a ocupar-lhes tempo precioso, por isso ofereça-lhes informação valiosa gratuitamente.

Aumentar a Percentagem de Subscritores

Uma das principais acções que deve tomar é a criação de uma página exclusiva para a subscrição da newsletter.

Esta página deve ter:

  • Uma oferta eficaz (por exemplo, algo gratuito).
  • O pedido claro do que pretende que o visitante faça.
  • O formulário de inscrição no final da página.

A forma mais simples de o fazer é colocando-se na cabeça dos seus leitores. A subscrição de uma newsletters custa o anonimato aos seus visitantes, porque têm de dar o seu e-mail e estar mais facilmente contactáveis. Além disso, vai custar-lhes tempo para lerem aquilo que você tem para oferecer.

Há muitos sites a oferecerem newsletters, porque sabem o potencial que existe no e-mail marketing. Por isso você tem de ser diferente e apresentar os benefícios que a sua newsletter trará aos visitantes.

Qualidade da Newsletter

As razões pelas quais uma newsletter necessita de ter qualidade incluem a possibilidade de dar mais credibilidade à sua imagem enquanto especialista no seu nicho de mercado. Se vender a sua imagem enquanto profissional, é ainda mais importante.

Ajuda também a passar a mensagem de que você é um amigo regular, que aparece para dar conselhos e novidades importantes nessa área de que tanto gostam.

Se a informação que der for realmente importante, os seus leitores começarão a gostar de si e a respeitá-lo como uma autoridade no seu nicho de mercado.

Se precisarem de comprar alguma coisa que esteja relacionada com o nicho de mercado em que você se insere, irão dar-lhe preferência a si em vez de utilizarem a sua concorrência.

Dê o máximo que conseguir, mas vá também retirando alguma coisa logo desde o início. Se for apenas você a dar, eles acabarão por ter tudo gratuitamente e não dar valor a toda a ajuda que você lhes está a proporcionar.

No próximo artigo, vamos ver a conclusão desta série de artigos sobre a melhor forma de criar um relacionamento com os visitantes, com o conteúdo como pré-venda.