Um vírus tem determinadas propriedades que determinam aquilo que ele pode fazer e como vai actuar perante um utilizador com menos protecção. Conheça também o que são vírus de computador.

Os vírus estão cada vez mais sofisticados e actualmente basta copiar ficheiros para o disco que é suficiente para todo o sistema ficar infectado. Os vírus ficam permanentes na memória do computador e começam a infectar tudo o que passa pelo computador.

Nem todos os vírus incluem todas as características que iremos mencionar, mas quanto mais tiver, maior é o perigo para o computador. Aqui ficam algumas das características dos vírus:

Vírus polimórfico

Alguns vírus têm a capacidade de modificar o seu código fonte, o que significa que passam a existir variantes de um vírus base, tornando mais difícil a sua detecção por programas antivírus.

Por exemplo, os vírus que atacam por email mudam o assunto e o corpo das mensagens para impedirem a sua detecção rapidamente.

Vírus residente na memória

Se um vírus tem a capacidade de se infiltrar na memória do computador é muito mais perigoso, como vimos, porque poderá depois infectar tudo o que toca, já que estará permanentemente activo.

Um vírus sem essas características necessita de ser corrido manualmente para iniciar o seu código malicioso.

Vírus que carregam outros vírus

O vírus é um programa de software que também pode carregar outros vírus, tornando-o mais letal e ajudando o vírus principal a cumprir os seus objectivos de destruição dos dados do utilizador.

Vírus que não se apagam

Existem vírus que resistem à formatação dos computadores, através da infecção dos sistemas de boot e qualquer tentativa de remoção através deste método não funcionará.

Os vírus podem afectar os ficheiros de várias formas, escondendo-se dentro deles e alterando as suas características para tornar o seu efeito mais devastador. Veja como os vírus afectam os ficheiros.