Muitas pessoas pensam que uma carreira profissional aparece por acaso. Embora seja verdade que há pessoas que estão no local certo à hora certa, a maioria das vezes devemos planear o rumo que queremos para a carreira profissional. Por isso aqui ficam algumas reflexões sobre o assunto.

Escolher uma carreira profissional não é simples

Querer determinar o ruma da carreira profissional dá muito trabalho e envolve muitos processos em simultâneo. Como referido, há pessoas que acabam por ter sorte em determinada altura, mas não é a situação normal.

Quando traçar um rumo para a carreira precisa, por exemplo, de aprender o mais possível sobre si e sobre a profissão que escolheu. Isso dar-lhe-á maiores capacidades para se distinguir dos seus colegas.

Uma carreira que gosta

Existe o sentimento comum de que é impossível gostarmos da nossa profissão como gostamos dos nossos tempos livres. Isso não é verdade, porque se for muito bom naquilo que gosta de fazer, poderá vir a ser um profissional e até a ganhar bom dinheiro.

É normalmente o caso dos artistas, como pintores, músicos e escultores. É também o caso de jogadores de futebol.

Todas estas pessoas continuariam a fazer o que gostam durante os tempos livres, mesmo que não ganhassem qualquer dinheiro. No entanto, os melhores conseguem seguir o seu sonho e viver exclusivamente daquilo que gosta de fazer.

Não escolher uma carreira só pelo dinheiro

Um pouco na mesma linha do ponto anterior, não deverá escolher uma carreira se não tiver o mínimo de prazer durante o trabalho. O dinheiro é importante no bem-estar das nossas vidas, mas o emprego é onde se passa grande parte do dia e se odiar todos esse tempo, então talvez não valha a pena ganhar tanto dinheiro.

Considere mudar de carreira, mesmo ganhando menos. Baixe os seus custos de vida e siga algo que lhe dê prazer e permita sustentar a sua vida.

Por haver uma profissão boa para ganhar dinheiro em determinado momento, não quer dizer que seja a escolha acertada para o seu caso.

O dinheiro não traz felicidade

É um jargão popular, mas é verdadeiro. Não considere apenas o salário quando determinar o rumo que quer para a sua carreira profissional. O dinheiro traz a felicidade momentânea, mas ao fim de alguns meses verá que a sua vida profissional é tão infeliz que o facto de continuar a trazer um bom salário para casa não o está a tornar uma pessoa mais feliz.

A carreira profissional é demasiado importante para se cometerem erros devido ao desleixo. Veja também algumas razões para mudar de carreira profissional.