2017/01/18

Criação De Um Site De Sucesso Passo a Passo

A criação de um site é, basicamente, um conjunto de páginas em html com texto e imagens, que estão ligadas uma às outras para permitir a navegação aos utilizadores que visitam o site.

Estas páginas ficam disponíveis num servidor web que pode ser acedido através da internet, escrevendo num browser o endereço da página, o domínio (qualquercoisa.com).

Criação De Um Site De Sucesso

Criar um site, praticamente todas as pessoas que utilizam a internet há alguns anos conseguem fazer. Criar um site de sucesso já é uma história diferente, porque é necessário atrair tráfego e manter um número elevado de visitantes diariamente.

Um site para ter sucesso necessita quase sempre de aparecer na primeira página dos motores de busca, sendo o mais conhecido, o Google. Desta forma, os utilizadores da internet acabam por ir para ao seu site, escrevendo uma palavra-chave que estava bem indexada no motor de busca.

A vantagem dos utilizadores chegarem aos sites através dos motores de busca é que já vêm com uma ideia definida na cabeça, por isso podemos depois tratá-lo da forma que acharmos mais conveniente.

Por exemplo, se alguém chegar ao nosso site através da pesquisa das palavras ‘comprar iPhone’, sabemos que essa pessoa está à procura de mais informações sobre o iPhone. Desta forma, podemos disponibilizar vídeos e artigos sobre análises do telemóvel, ou podemos até indicar uma loja on-line onde seja possível fazer a compra imediatamente.

A criação de um site de sucesso é precisamente isso: ter muitos visitantes e conseguir dar-lhes aquilo que eles necessitam.

Para conseguirmos esse objectivo, há vários passos que precisam ser dados e muita dedicação e horas de trabalho para chegar às primeiras posições dos motores de busca. Depois, é ainda necessário saber como tirar proveito do site, seja em termos financeiros ou de qualquer outra forma que deseje.

Antes de começarmos a desenhar o site ou a procurar a melhor plataforma para a criação do site (blog, fórum, e-commerce, etc.) devemos ter bastante claro nas nossas mentes qual é o nicho em que vamos actuar.

Isto é importante para depois pesquisar vários factores que indicam se o nicho escolhido é bom ou mau para ter sucesso.

Pesquisa Do Nicho de Mercado

O site que pretendemos fazer precisa de oferecer uma solução para aquilo que os visitantes do nicho de mercado querem. É nessa solução que devemos focar os nossos esforços e a diferença para os outros milhares de sites existentes na internet.

Alguns dos valores que precisa de conhecer são:

  • Existem visitantes suficientes para o nicho de mercado em que queremos actuar?
  • Existe procura para o produto ou serviço que queremos disponibilizar?
  • É um nicho de mercado rentável na internet?
  • É possível ter conteúdo de qualidade consistentemente ao longo do tempo?

Com estas questões devemos partir para a pesquisa de mercado, analisando cada um destes pontos (existem ferramentas que nos ajudam a fazer essas pesquisas) e vendo o potencial de sucesso para cada uma das ideias que vamos tendo.

No final, basta escolhermos o nicho que se apresenta mais favorável a ser conquistado pelo nosso trabalho de criação de conteúdo e divulgação na internet.

O Google disponibiliza várias ferramentas úteis para conhecer o número de pesquisas médias por mês de uma palavra-chave e de outras relacionadas. No exemplo dado no artigo anterior, de ‘comprar iPhone’, podemos ter outras palavras relacionadas, como sejam:

  • Quero comprar telemóvel iphone
  • Compras de telemóveis iphone
  • Telemóveis iphone
  • Comprar um iphone

Cada uma destas frases inclui a palavra ‘iphone’, indicando o modelo que o visitante procura, e a palavra ‘comprar’ que dá também uma informação importante sobre as intenções dessa pessoa.

Se conseguir construir um site que apareça nas primeiras posições dos motores de busca para estas palavras, e tivesse programas de afiliados onde vendesse este modelo on-line, poderia ganhar bastante dinheiro.

Tudo seria muito simples, não fosse o facto de esta palavra-chave ter muita concorrência, o que significa que estar bem posicionado não será tarefa fácil.

Na pesquisa ideal deveria conseguir encontrar um nicho com pouca concorrência e muito potencial de rentabilização. Isso é cada vez mais difícil de encontrar. Depois precisa de meter mãos à obra para a criação de sites vencedores.

Escolher a Plataforma Do Site

Depois da escolha do que pretendemos fazer, é altura de saber que tipo de plataforma devemos utilizar durante esse processo. É muito importante tomar essa decisão acertadamente porque é com essa plataforma que seguiremos até ao fim.

Aqui ficam mais algumas questões que deve fazer a si mesmo:

  • Irei ter muitos artigos? Será melhor utilizar um CMS (gestor de conteúdos)?
  • Preciso de controlar todos os aspectos do site?
  • Quais são as funcionalidades obrigatórias que necessito?

Respondendo a essas questões poderá depois optar por um blog, um fórum, site de comércio electrónico ou um site feito de raiz.

Se escolher um fórum para fazer o site, não irá ser possível transformá-lo num blog mais tarde. Pelo menos de forma simples e directa.

Se quiser ter um fórum irá necessitar de ter moderadores para o ajudarem na tarefa de analisar todas as mensagens escritas. Um fórum vive da partilha de opiniões e discussões entre os seus membros. Um blog, por exemplo, tem também comentários mas torna mais complicado ter uma discussão entre os visitantes do site.

Criação De Site Com um CMS

Os blogs estão cada vez mais na moda e já têm alguns anos de actividade para demonstrarem todas as suas capacidades (e limitações).

Um blog permite ter vários artigos ordenados por categorias e disponibilizados cronologicamente. É uma espécie de diário, excelente para dar notícias, fazer análises de produtos e outros tipos de negócios que requeiram artigos curtos e frequentes.

O WordPress é, das plataformas gratuitas de blogs, o mais elaborado e que permite maior flexibilidade.

Um CMS (Content Management System) é um gestor de conteúdos e permite muito maior flexibilidade do que um blog, que pode ser visto como um gestor de conteúdos especial.

Com uma ferramenta de CMS é possível fazer um blog facilmente, mas com um blog já é mais complicado fazer um CMS (embora existam cada vez mais softwares de blog com essa capacidade).

Um dos exemplos de um CMS é o Joomla, que é uma plataforma gratuita e que está quase sempre instalado em empresas que fornecem alojamento de sites. O Joomla permite fazer quase tudo o que pretende, no entanto é bastante mais complicado de aprender do que um blog.

Um CMS é uma plataforma mais avançada, que permite outros voos, mas é também menos indicada para principiantes nestas andanças da criação de sites.

Tanto o Joomla como o WordPress costumam estar disponíveis nas empresas de alojamento, através de scripts como Fantastico, que permitem a sua instalação através de poucos cliques e sem qualquer conhecimento de programação. Tem é de escolher uma empresa de alojamento que ofereça este serviço.

O passo seguinte para a criação de um site de sucesso é escolher uma empresa de alojamento web para ter o site.

Hospedagem Web

Temos de fazer algumas questões para determinar as nossas necessidades, como são os casos das seguintes perguntas:

  • Alojamento gratuito ou pago?
  • Queremos alojamento Windows ou Linux?
  • Necessitamos de scripts para automatizar tarefas, como o Fantastico?
  • Qual é o espaço mínimo que precisamos para armazenamento das páginas?
  • Qual é a largura de banda necessária para disponibilizar o site?
  • Número de sites que pretendemos alojar?

Aqui ficam as possibilidades para as questões mencionadas acima.

Alojamento Gratuito Ou Pago?

Existem vários tipos de alojamento gratuito, mas que trazem outros termos no acordo de utilização, como é o caso da disponibilização de publicidade por parte da empresa que fornece o alojamento.

Outros alojamentos oferecem serviços básicos e muito limitados, úteis para quem apenas precisa de um site muito simples, mas inútil para quem deseje ter uma presença mais eficaz.

Windows Ou Linux?

Existe software para qualquer um dos sistemas operativos e cabe-nos a nós decidir quais os que queremos utilizar para determinar qual o mais apropriado para o nosso caso.

O alojamento baseado em Linux é geralmente mais barato, por ser baseado totalmente em software open source, no entanto os preços dos alojamentos em Windows também baixaram significativamente.

As plataformas mais utilizadas estão disponíveis em Linux, como é o caso dos CMS, do WordPress, do MySQL, etc. Alguns também existem para Windows, mas não se justifica pagar o excesso quando podemos ter tudo em Linux mais barato.

Se quer desenvolver em ASP, aí sim irá necessitar de um alojamento em Windows, já que é uma linguagem de programação desenhada para este sistema operativo.

Scripts Para Automatizar Tarefas?

Para quem não tem grandes conhecimentos técnicos, a melhor forma de criar um site é através da utilização de scripts que automatizam tarefas de outra forma impossíveis para quem não sabe programar.

Um dos scripts mais conhecidos é o Fantastico, que é oferecido pela maioria das empresas de alojamento web.

A vantagem de um script deste tipo é que trás um enorme conjunto de scripts e aplicações que podem ser instaladas apenas com um clique e sem qualquer tipo de conhecimentos técnicos.

É o caso da instalação de alguns CMS, como o Joomla ou Drupal, da plataforma de blog do WordPress, etc.

Além disso ainda fornece software simples para tarefas de rotina, como é o caso de FTP, para colocar e retirar ficheiros. Possibilidade de fazer backup facilmente e enviar para o seu e-mail, entre muitas outras operações de manutenção que devem ser obrigatoriamente feitas pelo dono dos sites.

Que Tipos de Scripts?

Muitas empresas de alojamento web disponibilizam aos seus clientes software que lhes permite a criação de sites através de wizards, ou seja, guiando o cliente passo a passo permitem configurar um site baseado em templates.

Desta forma, conseguiremos ter um site feito de raiz, sem utilizar nenhum script pré-definido (como o WordPress, por exemplo) e conseguindo um site completamente customizado.

Quer Ter Múltiplos Sites?

Num plano de alojamento web tradicional é preciso comprar alojamento para cada registo de domínio que fazemos, o que torna bastante elevado o custo de termos vários sites.

Muitas empresas de alojamento web permitem que tenha domínios ilimitados na mesma conta e isso é muito útil porque permite poupar muito dinheiro no caso de estarmos a falar em mais do que dois ou três sites.

O único factor a ter em atenção é que todos os recursos do alojamento são partilhados pelos mesmos sites, por isso a uma determinada altura ter apenas um plano de alojamento torna-se ineficiente.

Um dos tópicos mais promovidos pelas empresas de alojamento web é a oferta de pacotes ilimitados, tanto de espaço de armazenamento, como de largura de banda oferecida. No entanto, as coisas não são tão directas como podem parecer, veja porquê.

Espaço De Armazenamento e Largura De Banda

Outro aspecto fundamental é decidir de quanto espaço em disco iremos necessitar de ter alojado para as nossas páginas, fotos, vídeos, etc. E também saber aproximadamente quanta largura de banda mensal iremos utilizar.

Para o espaço em disco não é complicado fazer as contas. Se precisar de colocar muitas imagens ou vídeos, irá necessitar de um alojamento que ofereça espaço ilimitado, ou seja, não cobram mais por cada gigabyte que necessita de armazenamento.

O outro factor, a decisão da largura de banda, é mais complicado de calcular porque depende do número de visitas que o site terá, em termos médios. Mas como regra, se necessita de muito espaço em disco também irá necessitar de muito espaço de largura de banda.

Existem empresas de alojamento web que disponibilizam também largura de banda ilimitada, por isso podem ser uma boa opção para que realmente tem de entregar muitas páginas aos seus visitantes.

Apesar das empresas de alojamento mencionarem espaço e largura de banda ilimitadas, isso não existe… É necessário ler com atenção os termos do contrato porque eles têm cláusulas que os protegem de utilizações abusivas por parte dos utilizadores.

Funciona da mesma forma com os operadores de internet que oferecem acesso ilimitado aos seus clientes. Existem cláusulas no contrato que estabelecem uma utilização não abusiva do contrato, de outra forma irão cobrar mais por essa utilização.

O passo seguinte para a criação de sites de sucesso é o registo de um domínio.

Comprar o Domínio

Se já sabe como registar o domínio, verifique aqui a disponibilidade do domínio que lhe interessa!

O registo do domínio do site é outra tarefa que tem de ser ponderada na criação de sites, porque o nome é relevante para os rankings que os motores de busca atribuirão ao site.

Algumas das questões que deve fazer, incluem:

  • O domínio tem significado para o nicho de mercado que pretende atingir?
  • É um nome fácil de decorar e atractivo?
  • Será um domínio .com, .net, .org, .pt, etc.?
  • No caso de ser empresa, o nome do domínio é explicito na representação da empresa?
  • As palavras-chave do nicho de mercado estão no domínio?
  • O domínio está livre?

O registo de domínios é um negócio de muitos milhões e há certos domínios que valem várias dezenas de milhões de euros para as empresas.

Como a internet já leva alguns anos, actualmente é praticamente impossível comprar domínios com uma ou duas palavras muito competitivas, como é o caso de dinheiro.com, ganhardinheiro.com, life.com, etc.

Estas palavras foram compradas há muitos anos e são comercializadas por valores impossíveis de atingir por uma empresa pequena ou um particular.

Importância De Um Domínio

Para os motores de busca o domínio é dos factores mais importantes no seu ranking, porque um site que tenha a palavra ‘dinheiro’ não irá ter o conteúdo relacionado com pesca submarina, telemóveis, casa, etc.

Para um site focado num nicho de mercado, a escolha de um domínio relevante para a palavra-chave que deseja atingir é fundamental.

É ainda relativamente simples comprar domínios denominados ‘long-tail’, com três ou quatro palavras. Além disso são mais baratos do que os domínios mais competitivos.

Depois de termos a ideia, o alojamento e o domínio, é altura de começarmos a planear fazer o site.

Fluxograma Do Site

O mais simples é desenhar a estrutura do site numa folha de papel, o que pode ser feito em qualquer lugar.

Comece por colocar a homepage (página principal) e comece a ligar as outras páginas a esta. Alguns exemplos de páginas que se incluem em praticamente todos os sites, são:

  • Página principal (homepage)
  • Página de contacto (contact page)
  • Página explicando os objectivos do site (about us)

De seguida comece a colocar as páginas das categorias que vão existir no seu site, bem como outras funcionalidades como blogs, fóruns, comércio electrónico.

Utilizar Post-It

Outra forma muito utilizada é com recurso aos post-it, colando cada uma das páginas num quadro e depois arranjando conforme entendermos.

A vantagem dos post-it é que podemos mexer e redesenhar toda a estrutura, bastando para isso descolar e colar novamente noutro local.

Qualquer que seja a forma utilizada, o objectivo deve ser a criação de sites que seja simples de navegar e que permitam que os visitantes descubram rapidamente aquilo que desejam.

Depois da criação da estrutura básica do site, do esqueleto, podemos então avançar para a fase seguinte que inclui a parte do desenho.

Depois de planear tudo o que deseja ter no site é altura de desenhar o aspecto final para que esteja de acordo com aquilo que pensou.

Layout Do Site

Basicamente, o desenho de um site é o aspecto que este tem para os visitantes e a facilidade de navegação que proporciona.

O mais simples é ter o mesmo template para todas as páginas do site em vez de ter um aspecto diferente por cada uma das páginas. Procure em sites populares e copie esses modelos, porque foram estudados para proporcionar melhor navegação aos seus utilizadores.

Alguns dos elementos que precisa de estudar para o aspecto de um site mais interessante, incluem:

  • Um logótipo
  • Gráficos e cores
  • Navegação do site, com menus e sub-menus
  • Tipo de fontes, tamanhos
  • Headings
  • Dimensão para o texto e para as áreas de navegação
  • Informações de direitos de autor
  • Rodapé
  • Caixas de pesquisa

Estes estão presentes em praticamente todos os sites, mas depois consoante o tipo do projecto irá necessitar de mais alguns que permitam configurar o aspecto da forma que melhor ajudará à navegação.

Criar Site De Raiz Ou Templates?

Para a criação de sites de sucesso não precisa de ter um design único, se tiver conteúdo interessante para atrair visitas.

No entanto, se conseguir aliar um bom conteúdo a um aspecto mais profissional, os resultados serão ainda melhores.

Pode tentar fazer tudo sozinho:

  • O logótipo
  • As imagens
  • As estruturas de cores

Se optar por fazer tudo irá demorar muito mais tempo a criar um site, por isso será mais simples optar por templates que as empresas de alojamento web oferecem quando compra os seus serviços. Desta forma não precisa de ter qualquer conhecimento técnico de programação ou design.

Depois de terminar o desenho da parte principal, pode ainda adicionar outros scripts para mais funcionalidades.

Scripts Adicionais

É possível criar um site apenas com recurso a scripts que fazem tudo ou utilizar esses scripts para dar mais funcionalidade à comunidade que seguirá o seu site.

Para isso é preciso que a empresa de alojamento ofereça alguns scripts que são instalados no servidor, sendo os mais comuns:

  • Livro de visitas
  • Blogs
  • Fóruns
  • Chat
  • Inquéritos
  • Sondagens

Esta é a altura para instalar alguns destes scripts, para depois os poder utilizar directamente a partir das páginas principais.

Sempre que utilizar estes scripts deve utilizar as opções de configuração para conseguir um aspecto o mais próximo possível do desenho do seu site, de forma a não ser grande o impacto visual para o utilizador.

Ele deverá sempre saber que está no mesmo site e se estiver a ver páginas com um tema azul, não deverá passar para páginas com um tema vermelho porque isto poderá passar a imagem de que ele está noutro site.

Muitos destes script têm um elevado número de parâmetros de configuração para adicionar ou remover funcionalidades, como o envio de e-mails para administrador. Certifique-se que tudo está a funcionar correctamente.

Instalação De Scripts

Pode instalar cada um destes scripts individualmente, desde que o seu alojamento web permita correr PHP e MySQL, mas o mais prático é comprar um alojamento que já inclua scripts para automatizar a sua instalação.

É possível criar um site inteiro apenas com recurso à instalação destes scrips, como é o caso do Joomla, Drupal e Mambo como gestor de conteúdos. O WordPress  para blogs (como é o caso do Truques-Dicas.com).

É possível também instalar pequenos scripts que trazem melhorias significativas aos utilizadores, como é o caso de galerias de fotos, fóruns e sondagens.

Se pretende ganhar dinheiro a vender produtos, pode também optar por uma plataforma de comércio electrónico, como é o caso do Yahoo! Small Business ou então utilizar uma das disponíveis no Fantástico que são Open Source (como todos os outros scripts).

Para fóruns e chats de discussão pode utilizar o phpBB, que tem também vários temas que podem ser utilizados para configuração do tema.

Scripts Do Fantástico

Para conhecer os scripts que podem ser instalados com o Fantástico apenas com um clique, aqui fica a lista actualizada:

Blogs

  • b2evolution
  • Nucleus
  • WordPress

Classificados

  • Noahs Classifieds

Gestor De Conteúdos

  • Drupal
  • Geeklog
  • Joomla 1.5
  • Joomla
  • Mambo
  • PHP-Nuke
  • phpWCMS
  • phpWebSite
  • Post-Nuke
  • Siteframe
  • TYPO3
  • Xoops

Customer Relationship Management

  • Crafty Syntax Live Help
  • Help Center Live
  • osTicket
  • PerlDesk
  • PHP Support Tickets
  • Support Logic Helpdesk
  • Support Services Manager

Discussion Boards

  • phpBB
  • SMF

Comércio Electrónico

  • CubeCart
  • OS Commerce
  • Zen Cart

F.A.Q.

  • FAQMasterFlex

Hosting Billing

  • AccountLab Plus
  • phpCOIN

Galerias De Imagens

  • 4Images Gallery
  • Coppermine Photo Gallery
  • Gallery

Mailing Lists

  • PHPlist

Inquéritos e Sondagens

  • Advanced Poll
  • LimeSurvey
  • phpESP

Gestão De Projectos

  • dotProject
  • PHProjekt

Site Builders

  • Soholaunch Pro Edition
  • Templates Express

Wiki

  • TikiWiki CMS/Groupware
  • PhpWiki

Outros Scripts

  • Dew-NewPHPLinks
  • Moodle LMS
  • Open-Realty
  • phpAdsNew
  • PHPauction
  • phpFormGenerator
  • WebCalendar

Hospedagem Com Scripts

Como se vê, são dezenas as opções e não há praticamente nenhum projecto que não possa ser feito com um ou vários destes scripts. Por isso é que é importante contratar um alojamento que tenha o Fantástico incluído no seu pacote de oferta.

Nesta altura, o site deverá estar terminado e apenas falta começar a inserir o conteúdo (a parte mais importante).

Depois de termos o site concluído e colocado no ar, é preciso anunciar a sua existência a maior número de pessoas possível, porque senão ficamos com um projecto muito bonito e bem construído, sem qualquer visita.

O desenho e construção são apenas uma pequena parte da criação de sites de sucesso. Depois desta fase é preciso divulgar em motores de busca, para que as pessoas encontrem o site quando pesquisam determinadas palavras-chave.

Promoção Para Sucesso Do Site

Algumas das tarefas que têm de ser realizadas durante a promoção do site, incluem:

  • Submeter aos motores de busca mais utilizados, como é o caso do google, yahoo, sapo, etc. Existem ferramentas que permitem a automatização destas submissões, mas para quem tem apenas um ou dois sites, é preferível fazê-lo manualmente.
  • Submeter o site a directorias, nacionais e internacionais. Aqui não conseguiremos muitos visitantes directamente, mas os links contam para subirmos nos rankings dos motores de busca.
  • Fazer a troca de links com sites relacionados com o tema escolhido. Não é grande ideia trocar links com um concorrente directo (a menos que o site seja menor que o site dele) mas antes com projectos relacionados. Por exemplo, se escrever sobre dicas de videojogos pode trocar links com sites de comércio electrónico de videojogos.
  • Utilizar o Google Webmaster Tools e submeter o sitemap, que mais não é do que uma lista de todas as páginas que constituem o site. É uma ferramenta obrigatória para todos os que têm sites, porque dá informações valiosas sobre a forma como o google vê o nosso projecto. Podemos ver, por exemplo, quais são as palavras-chave onde o site aparece nas melhores posições.
  • Submeter aos sites sociais, como stumbleupon, twitter, etc. São sites muito visitados e que podem trazer muitos visitantes, mas não de forma tão consistente como os motores de busca.
  • Submeter artigos a directorias de artigos. Para sites em inglês existem dezenas.
  • Comprar publicidade nos motores de busca e outros sites com muitas visitas qualificadas.

A criação de sites de sucesso não se esgota na parte inicial, mas antes na constante manutenção que precisamos fazer para que os projectos se mantenham sempre competitivos com a concorrência.

Speak Your Mind

*